me matar, ſino me occidi. Eſtes como ſão neu-
  tros ſe podem tornar a fazer actiuos,de quo,& da
  variação, que faz em algũs verbos. infra.

                  Do Reciproco mutuo.

 O Reciproco mutuo ( vt ſupra ) ſe faz poſto , yo,
   ẽ lugar de, ye, vt oroyòjucâ,matamonos inuic. ẽ
Os verbos por, yo. começados não o ſoffrem ſaluo
  ſe ſe vſar nos tempos, que não tem articulo que
  perdem,o, yo. natural, & ficalhes por reciproco,
  vt, Ayopòi, egocibo, gerundio, póya: pode dizer,
  oyopoya, ſe inuicem cibando.
Tambem ſe vſa eſte, yo, abſolute paſsiuo não tendo
  caſo ante ſi, vt, Ainupa~, açoito, yonupa~, pro-
  prie,açoutarſe mutuo. Tambem diz ſer açouta-
  do, ou açoutes, vt , Angaipába , oiporarâ yonu-
  pa~. os maos padecem ſer açoutados, ou açoutes˙

                   Do Interrogatiuo.

 N Enhũa parte da oração ſe poem ſem interroga-
   ção expreſſa que he, pe, ſaluo ſe ſe deixa, porq̃
  notom da fala ſe entende que perguntão O ver-
  bo pois conjugaſe cõ ella infine, hoc modo,Aiupe? mato eu? erejucâpe? tu,Ajucâpené ? matarei? &
  ſic in reliquis tẽporibus que ſofrem interrogação.
Negatiuo, Najucàipe? Naiucáixoépene? não mato?
  não matarei? Najucáixomopé? vel Naiucáixòpe-
  mo? não matâra ?
Se tem algũas partes antes do verbo,quer ſeja hũa,